10 mitos ridículos que assistimos nos filmes

O cinema pode ser algo fantástico, com belas histórias, cenários, efeitos especiais, entre outros fatores que chamam a atenção de todos que apreciam um bom filme.

Por Cássio Coelho

O cinema pode ser algo fantástico, com belas histórias, cenários, efeitos especiais, entre outros fatores que chamam a atenção de todos que apreciam um bom filme. Entretanto, a maioria dos filmes cometem algumas gafes ou até mesmo fazem de propósito para criar um efeito dramático na produção. Existem muitas coisas que assistimos nos filmes que seriam impossíveis de ocorrer na vida real, mas que acabam virando uma verdade para quem assiste, pois são repetidos por diversas vezes em várias produções diferentes. Neste artigo, você vai poder conferir 10 mitos ridículos que assistimos nos filmes.

10 Mitos ridículos que assistimos nos filmes

10. Clorofórmio não derruba pessoas instantaneamente

É muito comum assistirmos em filmes de suspense algumas cenas em que o assassino ou bandido usa um lenço branco com clorofórmio para desmaiar suas vítimas de maneira instantânea. Entretanto, não é bem assim que funciona esta substância. Apesar de poder derrubar uma pessoa até mesmo em pequenas dozes, isso não ocorre tão rapidamente. Leva ao menos 5 minutos para que o clorofórmio faça efeito e a vítima desmaie. O clorofórmio tem muitas propriedades que valem a pena, como por exemplo, ele pode ser usado como anestésico.

cko

9. O DNA não sobrevive por muito tempo no Âmbar

Quem é fã da franquia Jurassic Park, certamente vai lembrar como foi possível que os dinossauros do parque pudessem ser criados. Através do DNA encontrado em um Âmbar, os pesquisadores conseguiram reviver os animais pré-históricos combinando com o DNA de rãs. Entretanto, existe um problema nessa história toda. Apesar de poder ficar preservado em diversos meios, o DNA não poderia ficar intacto dentro de um âmbar por milhões de anos. Ou seja, seria impossível encontrar o DNA dos dinossauros naquela pedra. Claro, provavelmente podemos esperar obter, digamos, DNA gigantesco preso no gelo da Sibéria. Mas isso é apenas porque o mamute existia muito mais recentemente do que os dinossauros.

ambar

8. A polícia não precisa ler os direitos do suspeito enquanto o algema

Sempre que ocorre uma prisão em filmes policiais, é possível ver o policial falar a clássica frase ao algemar o suspeito: "Você tem o direito de permanecer em silêncio". Entretanto, não é necessário ler os direitos do suspeito enquanto o algema. Claro que os direitos precisam ser ditos ao preso, entretanto, isso é feito algum momento após a prisão e não necessariamente quando estão algemando. Normalmente os direitos são lidos em algum momento antes do interrogatório. Basta ver qualquer vídeo real de um policial fazendo uma prisão e você saberá do que estamos falando.

7. Meteoros são frios, não quentes como mostram os filmes

Muitos filmes de catástrofes, como por exemplo, o filme ''2012'', mostram meteoros caindo na terra como grandes bolas de fogo e destruindo tudo. O que muitos não sabem, é que na realidade, os meteoros não são quentes, eles são extremamente frios. A trilha ardente que vemos no céu ao redor do meteoro é o ar pegando fogo ao seu redor. O meteoro em si permanece tão frio quanto antes de entrar na atmosfera.

meteoro

6. Tiros não arremessam pessoas longe

Para impressionar o público e criar um certo drama, é muito comum assistirmos nos filmes alguns personagens levando tiros e ''voando'' longe. Entretanto, se uma arma fosse capaz de fazer isso, certamente o atirador também sofreria o mesmo impacto. Isso é uma verdade para todas as armas, independentemente do seu tipo e calibre. É apenas uma regra fundamental da física.

tiro

5. Nem sempre quem é preso recebe ligações telefônicas

Outro fato muito comum em diversos filmes, são os suspeitos presos sempre receberem ligações telefônicas. Na realidade, não há regra sobre quantas ligações telefônicas você pode fazer enquanto estiver sob custódia policial. Talvez você não possa ligar para ninguém se o crime que cometeu for grave o suficiente e os interrogadores acreditarem que ligar para alguém pode prejudicar sua investigação. Por outro lado, você também pode receber mais de uma ligação, dependendo da gravidade e do local do crime e da prisão.

4. É praticamente impossível atirar com duas armas ao mesmo tempo

Os filmes de ação e faroeste mostravam cenas que deixavam todos impressionados. Diversos personagens empunhando várias armas poderosas e desferindo muitos tiros. Entretanto, na vida real seria muito difícil usar duas armas, uma em cada mão e atirar com as duas ao mesmo tempo. As chances de acertar o alvo são quase impossíveis dessa maneira. O número efetivo de balas e precisão é maior com uma arma. Isso lhe dá mais chance de matar o bandido antes que ele o mate.

arm

3. O pino da granada não pode ser puxado com os dentes

Em diversos filmes de guerra é comum ver um soldado tirando o pino de uma granada antes de lançá-la. Entretanto, na vida real isso jamais seria possível de acontecer. Como as granadas estão cheias de estilhaços que podem incapacitar e até matar quem estiver próximo aos alvos, seus alfinetes são projetados especificamente para não se soltarem facilmente. Também depende da granada. Enquanto alguns tipos de pinos de granada estão espalhados, outros requerem um pouco de torção e giro. Em quase todos os casos, puxar os pinos com os dentes poderá acabar com um final trágico.

granade

2. Areia movediça não é morte certa

É muito comum assistirmos em alguns filmes que se alguém cai na areia movediça, a morte é certa. Entretanto, isso não passa de um grande mito. Esse é um daqueles mitos que podem causar problemas na vida real, pois as pessoas presas na areia movediça geralmente entram em pânico e acabam piorando as coisas para si mesmas do que fariam se soubessem como a areia movediça funciona. Em essência, areia movediça é apenas lama misturada com água (e argila em alguns casos). Pode ficar um pouco pegajosa e estragar a roupa se você cair nela. Esse é basicamente o único risco que a areia movediça representa, pois a maioria dos tipos de areia movediça permite que você flutue livremente quando estiver com a cintura cheia.

areia

1. O tubarão não tem um super olfato

Nos filmes sobre tubarões, principalmente no clássico ''Tubarão'', diziam que um tubarão consegue sentir o cheiro de uma gota de sangue a quilômetros de distância. Isso acabou virando uma verdade no imaginário popular e fez com que as pessoas tivessem muito medo ao entrar no mar. A verdade é que o olfato de um tubarão não chega a ser péssimo, mas também não é tão bom como se vê nos filmes. Todos os estudos realizados sobre o assunto sugerem que os tubarões podem, no máximo, cheirar uma gota de sangue em uma piscina do tamanho olímpico.

jaws

E aí, você acreditava em algum desses mitos do cinema?

Siga nossas redes sociais