Os 7 filmes com maior número de Oscars da história

O prêmio máximo do cinema é entregue pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e chamamos de Oscar. A primeira cerimônia do Oscar ocorreu no dia 16 de maio de 1929.

Por Cássio Coelho

O mundo do cinematográfico é mágico, ao longo da história os fãs desta arte foram brindados com filmes incríveis e inesquecíveis, verdadeiras obra-primas. Franquias como ''O Poderoso Chefão'', "Senhor dos Anéis'', entre outros, marcaram época e ficaram para sempre na nossa memória. O prêmio máximo do cinema é entregue pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e chamamos de Oscar. A primeira cerimônia do Oscar ocorreu no dia 16 de maio de 1929 e desde então, apenas 32 títulos conseguiram conquistar mais que 5 estatuetas do Oscar. Mas você sabe qual é o maior vencedor de Oscars na história? Neste artigo, iremos mostrar os 7 filmes com o maior número de Oscars da história.

7 filmes com maior número de Oscars

1. Titanic (1997)

Este espetacular filme dirigido por James Cameron revelou duas grandes estrelas de Hollywood, Leonardo DiCaprio e Kate Winslet. Na 70ª premiação do Oscar, o filme ganhou nada mais, nada menos, do que 11 estatuetas, se tornando o maior vencedor da história do Oscar. Titanic ganhou dois dos principais prêmios da cerimônia, de Melhor Filme e Melhor Diretor, prêmio entregue a James Cameron. E levou para casa outros nove prêmios: Trilha Sonora Original, Direção de Arte, Maquiagem, Figurinos, Edição de Filmes, Efeitos Visuais, Som, Edição de Efeitos Sonoros e Canção Original para a balada pop de Celine Dion "My Heart Will Go Em."

Sinopse:

''Um artista pobre e uma jovem rica se conhecem e se apaixonam na fatídica jornada do Titanic, em 1912. Embora esteja noiva do arrogante herdeiro de uma siderúrgica, a jovem desafia sua família e amigos em busca do verdadeiro amor.''

2. O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003)

Esta incrível e épica saga adaptada dos livros de JRR Tolkien para as telas do cinema, não poderia ter um desfecho melhor. A noite da premiação no 76º Oscar que ocorreu em 2004, não poderia deixar de ser épica. O filme Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei venceu todas as categorias que disputou, incluindo a de melhor filme. Foram um total de 11 estatuetas divididas entres os prêmios de melhor filme, melhor diretor (Peter Jackson), além de troféus para roteiro adaptado, figurino, direção de arte, edição de filmes, efeitos visuais, mixagem de som, trilha sonora original e melhor música original.

Sinopse:

''O confronto final entre as forças do bem e do mal que lutam pelo controle do futuro da Terra Média se aproxima. Sauron planeja um grande ataque a Minas Tirith, capital de Gondor, o que faz com que Gandalf e Pippin partam para o local na intenção de ajudar a resistência. Um exército é reunido por Theoden em Rohan, em mais uma tentativa de deter as forças de Sauron. Enquanto isso, Frodo, Sam e Gollum seguem sua viagem rumo à Montanha da Perdição para destruir o anel.''

3. Ben-Hur (1959)

Este incrível filme de 1959 ainda se mantém entre os maiores vencedores do Oscar, mesmo tendo que enfrentar filmes com tecnologias avançadas e muitos efeitos especiais dos dias atuais. Ben-Hur foi o primeiro filma a ganhar 11 Oscars e também um dos únicos a chegar nesta marca, ao lado de Titanic e Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei. Além de Melhor Filme, Ben-Hur ganhou o Oscar de Melhor Diretor, além de Direção de Arte, Cinematografia, Figurinos, Efeitos Especiais, Edição de Filmes, Gravação de Som e Música. Charlton Heston venceu o melhor ator em um papel principal e Hugh Griffith venceu o melhor ator coadjuvante.

Sinopse:

''Em Jerusalém, no início do século I, vive Judah Ben-Hur (Charlton Heston), um rico mercador judeu. Mas, com o retorno de Messala (Stephen Boyd), um amigo da juventude que agora é o chefe das legiões romanas na cidade, um desentendimento devido a visões políticas divergentes faz com que Messala condene Ben-Hur a viver como escravo em uma galera romana, mesmo sabendo da inocência do ex-amigo. Mas o destino vai dar a Ben-Hur uma oportunidade de vingança que ninguém poderia imaginar.''

4. Amor, Sublime Amor (1961)

Esta impressionante adaptação musical moderna de Romeu e Julieta de Stephen Sondheim, foi sensacional quando estreou na Broadway em 1957. E a adaptação cinematográfica foi um sucesso maior ainda. ''Amor, Sublime Amor'' levou 10 estatuetas na cerimônia do 34º Oscar. Recebeu os prêmios de som, música, edição de filmes, figurino, cinema e direção de arte. Também levou para casa quatro dos prêmios mais cobiçados: Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (George Chakiris), Melhor Atriz Coadjuvante (Rita Moreno) e Melhor Diretor (Robert Wise e Jerome Robbins).

Sinopse:

''No lado oeste de Nova York, à sombra dos arranha-céus, ficam os guetos de imigrantes e classes menos favorecidas. Duas gangues, os Sharks, de porto-riquenhos, e os Jets, de brancos de origem anglo-saxônica, disputam a área, seguindo um código próprio de guerra e honra. Tony, antigo líder dos Jets, se apaixona por Maria, irmã do líder dos Sharks, e tem seu amor correspondido. A paixão dos dois fere princípios em ambos os lados, acirrando ainda mais a disputa.''

5. O Paciente Inglês (1996)

Este filme foi muito elogiado pelos críticos de cinema quando foi lançado, em 1996. Essas boas críticas, se transformaram em prêmios e ''O Paciente Inglês venceu 9 categorias das 12 que disputava. Os prêmios foram de Melhor Filme, Melhor Diretor (Anthony Minghella) e Melhor Atriz Coadjuvante (Juliette Binoche). Também ganhou o Oscar de Direção de Arte, Figurino, Cinematografia, Edição de Filme e Trilha Original.

Sinopse:

''No final da Segunda Guerra Mundial, um desconhecido, que teve queimaduras generalizadas quando seu avião foi abatido e ficou conhecido apenas como o paciente inglês, acaba recebendo os cuidados de uma enfermeira canadense. Gradativamente, ele começa a narrar o grande envolvimento que teve com a mulher do seu melhor amigo e como esse amor foi fortemente correspondido. Porém, outros detalhes parecem não vir à sua lembrança, como se ele quisesse que tais fatos continuassem enterrados e esquecidos.''

6. Gigi (1958)

Esta encantadora comédia musical de 1958, recebeu 9 estatuetas no Oscar. Os prêmios recebidos foram de Melhor Filme, Melhor Diretor (Vincente Minelli), Direção de Arte, Figurino, Trilha Original, Canção Original, Cinematografia, Edição de Filme e Roteiro Adaptado.

Sinopse:

''Gaston é um irrequieto milionário que pula de mulher em mulher, enquanto cultiva um relacionamento platônico com a jovem Gigi. Quando ela amadurece e se recusa a ser amante de alguém, Gaston precisa escolher entre ela e o seu estilo de vida.''

7. O Último Imperador (1987)

A adaptação de Bernardo Bertolucci da autobiografia do imperador Puyi foi um sucesso no cinema e isso refletiu na premiação do 60º Oscar. O Último Imperador venceu todas as categorias em que foi indicado. foram conquistadas um total de 9 estatuetas: Melhor Filme, Melhor Diretor, Direção de Arte, Figurino, Cinematografia, Trilha Original, Som, Edição de Filme e Roteiro Adaptado.

Sinopse:

''Este história arrebatadora da vida de Pu Yi, o último imperador da China, segue o reinado tumultuado do líder. Depois de ser capturado pelo Exército Vermelho como um criminoso de guerra em 1950, Pu Yi, na prisão, se recorda de sua infância. Ele se lembra de sua juventude pródiga na Cidade Proibida, onde lhe foi proporcionado todo o luxo, mas, infelizmente, protegido do mundo exterior e da complexa situação política que o cercava.''

Qual desses é seu filme preferido?

Siga nossas redes sociais